07 janeiro 2016

Penúria

Penúria

Não precisou  muito
pra vida se vestir em festa,
bastou meus olhos encontrar os teus
e a luz da tarde se misturar
com a luz de teu olhar
enquanto o meu olhar
se perdia no desenho de tua boca.

Tua presença
é como sol que rasga sombras
e tintura cores,
revelando que tua ausência
deveria ser banida
por decreto,
do céu de minha vida.

Dá pena ver,
que não te ver,
transforma minha vida
em pena.

(Paulo da Vida Athos)

Nenhum comentário:

Meu filho

Tenho em minha vida o homem mais doce que existe, meu filho. Quem tem a felicidade de conhecê-lo, sabe disso. Um cara amigo, leal, com ...