Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2015

Derrubar Dilma? Nem com canhões!

Imagem
Derrubar Dilma?  Nem com canhões!






13 de março de 2015 estarei nas ruas pela Democracia e contra e golpismo.
Para incentivar o golpismo, a mídia bate na tecla de que milhões, bilhões, foram desviados por corruptos e corruptores, já identificados nas operações levadas a efeito pela polícia federal e pelo Ministério Público.  O que não esclarecem é que essas investigações foram feitas estão sendo feitas justamente no governo PT, com Lula e Dilma.
Ou seja: silenciam quanto ao fato de que antes, no governo do PSDB, com FHC e durante todo o passado, não se investigava ou, quando se investigava, não se denunciava à Justiça para punir os culpados.
E falam em golpe, que leva o nome de impeachment.
Pura cretinice!
Um bando de aproveitadores que desejam voltar a mamar nas tetas da viúva.  Perderam!  Perderam para o povo brasileiro!
Na verdade querem retirar do poder um governo eleito por mais de 54 milhões de pessoas.  Sou uma delas.
Minha gente, sem sangue não dá...
Governo legitimamente eleito pelo pov…

A guerra perdida: 31 vítimas de bala perdida em 31 dias, no Rio de Janeiro.

A guerra perdida: 31 vítimas de bala perdida em 31 dias, no Rio de Janeiro.
O povo não se dá conta que 90% dos casos de balas perdidas, 31 casos apenas em janeiro aqui no Rio, é fruto de uma guerra estúpida e perdida contra o tráfico de entorpecentes; não percebe que o álcool e o cigarro são drogas regulamentadas que matam mais que todas as outras drogas proibidas juntas; não se dá conta que o que alimenta o tráfico é a ilegalidade; não atina para o fato de que a falta da regulamentação como ocorre com o tabaco e o álcool é que se tornou o grande problema.
Fuma e bebe quem quer, mas se fizer besteira vai preso pela besteira que fez, se for crime, e não porque fumou ou bebeu já que isso é da livre vontade de cada um desde que não atrapalhe a vida dos outros: está ferrando apenas sua saúde e sua vida. Qualquer um tem direito a isso.
Ninguém para pra pensar que de 1920 a 1933, quando o álcool foi proibido nos EUA, a guerra foi lá. Morreu foi gente. Até aparecer outro presidente que não…