Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2008

Dia do Índio

Imagem
Hoje é o Dia do Índio.
Não temos muito a comemorar. Aliás, apenas eles têm alguma coisa a comemorar no Brasil: não terem sido, ainda, extintos. No mais é dor mesmo. Quinhentos anos de ignomínia, humilhação, chacina, isso foi tudo que demos a eles nesse tempo, cara-pálida. E continuamos dando. O generalíssimo Augusto Heleno, não desmerecendo o nome imperial, afirmou no dia 16 próximo passado que nós “estamos cada vez mais aumentando a extensão das terras indígenas na faixa de fronteira e caminhando numa direção que me preocupa. Pode não ser uma ameaça iminente, mas ela merece ser discutida e aprofundada", e completou: " -Poderão representar um risco para a soberania nacional". A preocupação se dá em razão da “segurança nacional” e não em função da segurança de mais uma ou mais nação indígena em risco, que, à luz do direito e da razão, são as legítimas donas da terra que nós, caras-pálidas chacinadores, alcunhamos de Brasil. Brasil para eles é sinônimo de brasil mesmo, br…

Por sua prece alada...

Imagem
A cada um, a cada prece alada feita por seu coração amado por Deus e pela Vida, na intenção desse caminhante também por eles amado, quero aqui deixar o registro de meu grato coração.

Houve como que uma transferência do momento da graça - o que já é em si para mim, uma graça - para o dia 5 de maio que já acena no céu do temo. Trinta dias mais...

Para você, que dedicou sua prece, obrigado por cada instante que me dedicou.

Como tudo que tenho de mais importante e rico é meu amor e aqueles a quem amo através desse amor, saiba: em minhas preces de cada manhã e de cada pôr-do-sol, sua essência está inserida nelas.

Mesmo que eu não lembre que conheço você, minha alma imortal a reconhece em sua memória divina e lhe sorri agora, como o fará por toda a eternidade.

Um beijo em seu coração amigo...

Paulo da Vida Athos.