05 janeiro 2013

Oposição sem sonhos




A oposição midiática está dando soco em ponta de faca. Aqueles que votam com os grandes veículos de comunicação tem muito mais do que precisam e estão saciados de fome e de sonhos. Já a grande maioria do povo brasileiro quer mais. Sonha mais. Espera mais. Mas não é um esperar indolente, é altivo e atento. Não fosse assim, como resistiria o governo que aí está, por uma década de ataques midiáticos contra si, mantendo altos índices de aprovação? O aumento do número de empregos com carteira assinada, a retirada dos arreios que o FMI colocava no povo, o crescimento da economia e a alavancagem e criação de novas classes sociais e atores econômicos, fazem com que, houvessem eleições hoje, Lula ou Dilma ganharia no primeiro turno. Como se vé, a saciedade em abundância leva ao ócio, e ócio é veneno para sonhos.

Nenhum comentário:

Meu filho

Tenho em minha vida o homem mais doce que existe, meu filho. Quem tem a felicidade de conhecê-lo, sabe disso. Um cara amigo, leal, com ...