Juliana Latina David (ou: Saudades de uma Mochileira)




Juliana Latina David - Saudades de uma mochileira...


Minha saudade te busca
Em cada esquina de Montevidéu,
Assim como andou se queimando,
Na Cordilheira dos Andes
A tua procura.

Teimosa, buscou atenta
Em cada rosa
De cada casa rosada
E em cada esquina florida
Te encontrar e se tornou perdida.

E para meu contragosto,
Chorosa, minha alma egoísta
Atravessou Buenos Aires,
E todas as praças de maio,
Pra tentar te encontrar nesse agosto.

Meus olhos reclamam nostálgicos a imagem tua,
Enquanto minha alma, nua,
Mergulha no oceano imenso de tua ausência.

Mas, demores o quanto puder!

A Vida é uma imensa e maravilhosa aventura,
E o tempo não torna jamais.

O que torna são lembranças!
Ninguém pode ser feliz em seu passado
Nem em seu futuro.

É no hoje!
Belo, emocionante,
Encantador e encantado!
Sim, dileta amada...
É no agora que bailam no éter
A Paixão e a Alma apaixonada.
Não antes.
Jamais, depois.

Os dias são portas que se abrem para nosso espanto,
E para as lições que amadurecem nossa alma.

Viva! Cada minuto desses como se fosse ele o último!
Mas guardando-se para o minuto que virá depois...

Que a Vida cuide de ti!
Eu? Apenas amo.

E, te espero...

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Oração para Oxossi

Juliana Navegante David

Oração para Oxossi