18 fevereiro 2008

Don Juan de Marco


Don Juan de Marco*



(Have You Ever Really Loved a Woman? - Bryan Adams)

Para realmente amar uma mulher, para compreendê-la.
Você precisa conhecê-la profundamente por dentro,
Ouvir cada pensamento - ver cada sonho,
E dar-lhe asas - quando ela quiser voar.
Então, quando você se achar repousando,
Desamparado em seus braços,
Você saberá que realmente ama uma mulher...

Quando você ama uma mulher,
Você lhe diz que ela realmente é desejada.
Quando você ama uma mulher,
Você lhe diz que ela é a única,
Pois ela precisa de alguém para dizer-lhe
Que vai durar para sempre!
Então diga-me: você realmente,
Realmente... já amou uma mulher?

Para realmente amar uma mulher,
Deixe-a te segurar
Até que você saiba como ela precisa ser tocada.
Você precisa respirá-la - realmente provar o gosto dela
Até você possa sentí-la em seu sangue.
E quando você puder ver suas crianças
Que ainda não nasceram, dentro dos olhos dela,
Você saberá que realmente ama uma mulher...

Você precisa dar-lhe um pouco de confiança - segurá-la bem apertado.
Um pouco de ternura - precisa tratá-la corretamente.
Ela estará lá por você, cuidando bem de você,
Você realmente precisa amar sua mulher...
Então, quando você se achar repousando
Desamparado em seus braços,
Você saberá que realmente que ama uma mulher...
Então diga-me: você realmente, Realmente, realmente já amou uma mulher?"

Veja agora o clipe do filme e ouça a música...



Um comentário:

Mariliz disse...

Oi!
Asssisti novamente este filme hoje, e como cada vez que vemos um filme ele toma significados diferentes, para mim hoje ele revestiu-se de uma mensagem muito especial. Dom Juan Demarco, era a verdade essencial do personagem, quem ele é em seu intimo, sendo todo resto considerado máscara, papeis que desempenhamos para nos integrarmos numa sociedade. Encontrar a nossa verdadeira identidade e ter a coragem de vive-la é a mensagem desta filme hoje para mim. Viver esta identidade nem que para isso sejamos considerados loucos pelo restante da sociedade.
Bom dia.
Mariliz

Meu filho

Tenho em minha vida o homem mais doce que existe, meu filho. Quem tem a felicidade de conhecê-lo, sabe disso. Um cara amigo, leal, com ...